Os 5 princípios do reiki - Gokai

Atualizado: Out 29


Só por hoje

Sou tranquila

Sou serena

Sou grata

Trabalho arduamente

Sou bondosa para com todos


São uma forma de meditação sob forma de reflexão passiva ou observação interior. O que quero dizer com isto?

Bem, é melhor exemplificar!

Trata-se de pronunciar cada princípio e deixá-lo ecoar em mim durante alguns minutos procurando sentir no corpo, alma e mente o que está a ser pronunciado.

Partilho aqui alguns pensamentos/sentimento que por vezes ecoam ao recitá-los.

De olhos fechados e de mãos em prece frente ao coração.


Só por hoje

Hoje, no presente, aqui agora, neste momento. Neste instante. Sinto o corpo. A respiração. O chão. A vida que sou. Os ossos. A carne. As emoções. Os sons que oiço fora. A possibilidade de ter este momento em paz. Parar quando a vida nunca para. Tudo está em perpétuo movimento e mudança. Expansão. Nascimento e Morte. Ciclos de vida pequenos como a respiração. Ciclos grandes como a vida de um ser humano. Ciclos médios como algumas fases das nossas vida. Ciclos enormes como uma civilização. Cada momento é o único ponto real, próximo da eternidade, porque é tudo o que de real existe. Se morrer agora, tudo para de existir para mim.


Sou tranquila

Tranquilidade é ter o corpo calmo, relaxado mas desperto, atento mas em segurança. Estar totalmente presente no meu corpo. Não me preocupo nem tenho pressa. Procuro planear e cumprir horários mas tenho margem para imprevistos. Se falhar é humano. Faço o melhor que posso e sei em cada momento, se me enganar, corrijo. Kronos e Kairos em harmonia - o primeiro, o tempo medido pelo relógio e pelo Sol; o segundo, o tempo certo, adequado e perfeito para tudo, o deus da sincronia. Procuro a harmonia e graciosidade natural na minha postura e gestos, centrada, focada no que faço e na respiração. Grounding. Enraizada e leve.


Sou serena

A minha mente está confiante e centrada. Os pensamentos são claros. Sinto-me disponível para ouvir, para dar resposta, para observar, para fazer o que é necessário. Procuro compreender sem julgamento a mim mesma e aos outros. Se não entendo, pergunto ou permaneço calma pois não preciso saber tudo. Foco-me no essencial - Amar e ser humilde, disponível para aprender, se necessário. Caminho sem pressa, penso sem confusão. Alerta para deixar fluir um pensamento de cada vez observo a minha mente e a respiração. Há espaço entre um pensamento e outro. Tomo notas dos meus insights, projectos e ideias interessantes que ocorrem, para analisar mais tarde. Se me convidam para algo nem sempre, tenho que dar logo resposta, digo que vou pensar com calma e depois responderei. Sinto satisfação interior. Não me sinto pressionada pelas circunstâncias, por muito tensão e pressão que haja à minha volta. Sou a comandante da minha mente e emoções.


Sou grata

Sinto gratidão pela vida. Por muitos problemas que me surjam procuro lembrar que tenho sempre muitos mais motivos para agradecer. Se é difícil lembrar faço uma lista dos motivos que tenho para agradecer. Aceito-me como sou, meu corpo, dois pés, olhos, mãos, respirar, comida, água, tecto, trabalho, família, amigos, país onde não há guerra, nem ditadura. O que for válido para ti! lembro-me que por muito mal que me sinta podia sempre ser pior. Em vez de lamentar, foco-me nas soluções e tenho fé que há pelo menos um caminho. Um bom caminho, o melhor caminho para mim. Sei que existe a lei do karma e tudo é merecimento e permissão.


Trabalho arduamente

Arduamente não é demasiado? Não. Para que quero eu a saúde? E a vida? Para realizar coisas auto-realizando-me. Trabalho para servir o outro, o meu próximo. Trabalho sem esforço porque faço aquilo que amo fazer. Se não amo aquilo que faço, procuro saber o que é e avanço nessa direcção. Até atingir. E trabalho arduamente, com disciplina. Claro que descanso e tenho momentos de lazer com amigos e família ou em retiro solitário. Mas uma grande parte da verdadeira felicidade está em fazer feliz o outro, fazendo o que se gosta ou aquilo que é necessário no momento. Sinto paixão pela compaixão. Para mim que sou espiritualista. Trabalho até durante o sono. Enquanto o corpo dorme, descansa e se regenera, o espírito esse não precisa de descanso. Peço para que durante o sono possa aprender e servir no plano espiritual aonde eu for útil e necessária.


Sou bondosa para com todos.

Sou correcta, alegre e gentil para com todos. A cortesia e simpatia são-me quase naturais. Sinto-me zen. Procuro transmitir esta serenidade aos que estão à minha volta. “gentileza gera gentileza.” Começando por mim, respeito os meus ritmos pois sei que só assim conseguirei respeitar os ritmos dos outros. Sei que somos todos únicos, diferentes uns dos outros, com nossas histórias e idiossincrasias legítimas. Humildade é jamais condenar mas observar os factos. Se puder ajudar, ajudo, se não puder, afastar-me sem causar danos . Cada um tem os seus motivos e os seus dias e horas melhores que outras. Sou compassiva comigo mesma e com os outros. Temos todos “aparentes” falhas, não somos máquinas, graças a Deus! Estamos todos em mudança permanente.


#reiki #gokai #os5principiosdoreiki #calma #gentileza #naoviolencia #comunicacaonaoviolenta


Este blog não considera o acordo ortográfico

a vida partilhada tem outro sabor

blog

+351 964 616 349

santos.filomena@gmail.com 

 

Consultório junto ao Saldanha na  

Praça Ilha do Faial,14 A - 1000-168 Lisboa

massagem saldanha - shiatsu saldanha - tarot saldanha - reiki saldanha - filomena santos espiral

 Copyright ©  2016

* a terapeuta escreve sem considerar o acordo ortográfico