Presentes de Natal

Atualizado: Out 2



Este Natal se te sentes obrigado a dar prendas a alguém, procura não dizeres: - O que vou dar a este? ou, - Este já está despachado, dou-lhe isto e pronto!. Lembra-te que ao dares algo a alguém, transferes para essa pessoa a qualidade da energia (frequência vibratória) que tu geras e manifestas no processo de pensar, sentir e dar. Não te esqueças de que és um cocriador. Dar é uma grande oportunidade de colocares a intenção mais elevada que consegues em todos os objetos e no ato de transferir a energia para a pessoa. Antes de dares, antes de escolheres o que vais dar, foca-te no teu interior e comanda que o teu Eu Superior te oriente para o objeto e sentimento mais adequado para o bem maior daquela pessoa, mesmo que a conheças mal. A tua mente tem uma capacidade profunda de influenciar a disposição das micropartículas atómicas ao redor das pessoas e objetos, determinando o modo como se comportam e como constroem a realidade de cada ser. Tudo é energia. Somos seres vibracionais. Assim, neste Natal, se dás, lembra-te de que és cocriador, escolhe criar harmonia e ser o canal para o bem maior do outro e do teu. Não precisas de dar coisas que a sociedade reconhece como valiosas. Por mais pequeno e simples que seja, o importante é a intenção energética que lhe colocas. Procura estar sempre alinhado com o teu interior, não te deixes influenciar pelos apelos e crenças exteriores da época natalícia. Sê um agente da mudança para a luz, essa é a tua responsabilidade. Aníbal Nogueira, 29/11/2018


a vida partilhada tem outro sabor

blog

+351 964 616 349

santos.filomena@gmail.com 

 

Consultório junto ao Saldanha na  

Praça Ilha do Faial,14 A - 1000-168 Lisboa

massagem saldanha - shiatsu saldanha - tarot saldanha - reiki saldanha - filomena santos espiral

 Copyright ©  2016

* a terapeuta escreve sem considerar o acordo ortográfico